CONHECENDO O VINHO – QUAL É A MELHOR ROLHA?

Neste tema, vamos falar resumidamente sobre os principais tipos de rolhas existentes com seus prós e contras:

Rolha Natural

A cortiça é retirada do tronco do Sobreiro a cada nove anos, sem danificar a árvore. Assim, um sobreiro “colhido” em 2009, terá o número nove pintado em seu caule. As maiores áreas de floresta de sobro (montado) existem em países do Mediterrâneo Ocidental: Portugal, Espanha, Itália, França, Marrocos, Tunísia e Argélia.

Grandes vinhos ainda são encapsulados com rolha de cortiça, pois devido suas características de expansão, ela apresenta uma excelente vedação, diminuindo muito o contato do vinho com o oxigênio – e favorecendo a micro-oxigenação ao longo dos anos. A rolha de cortiça é mais porosa e permite uma evolução harmoniosa do vinho de guarda, sem falar do charme e elegância ao abrir a garrafa.

Rolha Micro-aglomerada

As rolhas micro-aglomeradas são um avanço recente na indústria que, em comparação com as rolhas naturais dão:

– mais elasticidade,

– maior consistência / confiabilidade

– extração mais fácil

– uma aparência mais uniforme

– sensação mais suave

– virtualmente zero TCA

Os tamanhos dos grânulos são em torno de 0,5-2,0 mm e são ligados usando agentes aglutinantes de qualidade alimentar, para torná-los extremamente seguros.

Elas são apropriadas para vinhos que vão ser armazenados por, pelo menos, 5 anos, já que eles não têm a estrutura de poros mais abertos das rolhas naturais que permitem que mais oxigênio entre na garrafa para promover a maturação do vinho. As rolhas micro-aglomeradas proporcionam taxas de transmissão de oxigénio baixas e muito consistentes, o que ajudará a preservar as características dos frutos no vinho. Por isso, ao abrir um vinho Premium engarrafado com rolha micro-aglomerada, é aconselhado que decante por algumas horas o mesmo.

As rolhas micro-aglomeradas são uma alternativa de preço significativamente inferior às rolhas naturais, mas uma opção muito mais atrativa para as tampas roscadas ou alternativas sintéticas, bem como provenientes de uma fonte natural completamente sustentável.

O problema com a cortiça

As rolhas de cortiça têm sido a escolha preferida para fechar o vinho desde o início da Europa moderna nos anos 1400. Por quê? Bem, a casca de cortiça é um dos poucos produtos naturais que é maleável o suficiente para guardar o conteúdo dentro de uma garrafa de vidro. Garrafas de vidro tornaram-se mais populares para armazenar vinho durante essa mesma época.

Uma das razões do problema é que existe um problema com o fornecimento mundial de cortiça, a maior parte proveniente de Portugal. Uma parte dele, talvez até 5%, das cortiças estão contaminadas com um composto chamado 2,4,6-tricloroanisol, “TCA”. Um vinho que tenha sido inconscientemente engarrafado com uma rolha afetada pelo TCA está estragado (e não recuperará); perde o apelo e adquire um cheiro desagradável de cogumelos apodrecidos, papelão úmido e decadência fétida. Nada a ver, a propósito, com pedaços de cortiça no vinho.

Resumindo, as principais razões para o não uso da cortiça são:

1) Preço

2) 2-5% afetados pelo TCA da “cortiça”

3) Recurso Natural Limitado

4) Qualidade Variável

5) Screwcap e outros tipos de “tampas”

Quando só a cortiça serve

Quando se trata de vinhos destinados a “deitar” e a amadurecer em garrafa, é uma questão diferente. Sempre se pensou que uma parte importante desta maturação é a lenta “respiração” (micro-oxigenação) que um vinho faz através da cortiça. Pode ser que esse processo também ocorra sob uma tampa de rosca ou rolha micro-aglomerada – só que muito mais devagar. Experimentos estão em andamento.

As rolhas de vidro estão sendo usadas na Alemanha e França. E, até agora, são muito satisfatórias.

As tampas de coroa (tampas de garrafas de cerveja) proporcionam um fechamento seguro e hermético. (Todo o champanhe desenvolve seu brilho e amadurece sob este tipo de fechamento.)

Rolha Natural  ou Screw cap – o que é melhor para o vinho?

Sem dúvida, ter-se-á apercebido de que cada vez mais vinhos de preço médio são vendidos em garrafas que são seladas com tampas de metal em vez de rolhas. Você pode ter se perguntado por que isso está acontecendo, já que, no passado, a maioria das pessoas associava esse tipo de fechamento a um vinho muito barato.

Fabricantes de vinhos favorecendo Screwcap

Os produtores de vinho não querem que isso aconteça com o produto deles. Então, muitos deles agora estão usando tampas de rosca, especialmente para o vinho que se destina a ser bebido jovem e fresco. De fato, para este tipo de vinho, é provavelmente o melhor fechamento em qualquer evento. Líderes na área são produtores da Nova Zelândia Sauvignon Blanc e da australiana Riesling, mas as francesas e muitas outras regiões vinícolas estão seguindo o exemplo – afinal, todas querem que seu vinho chegue ao consumidor na melhor condição possível.

Rolhas x Screwcap

Rolhas são a escolha clássica na questão do que se passa entre você e seu vinho. No entanto, tem havido alguma prova surpreendente que mostra como o argumento corks vs screw caps não é tão preto e branco como parece.

Qual é melhor: rolhas ou tampas de rosca? Se você disser que as rolhas são melhores, você está certo e errado. A verdade é que a demanda mundial por vinho (e rolhas) está crescendo, por isso devemos nos familiarizar com o futuro da preservação do vinho. Veja mais de perto por que as rolhas e as alternativas à cortiça são quase idênticas em termos da sua capacidade de armazenar e envelhecer o vinho. Em seguida, visualize algumas alternativas ao armazenamento de vinhos para que você possa pensar em como o mundo do vinho está indo.

Para finalizar, as tampas de rosca só são usadas no vinho desde 1964, mas rapidamente se tornam uma grande fatia do mercado. Se você viajar para a Austrália, verá que as tampas de rosca estão em quase todas as garrafas do país. A razão pela qual as alternativas à cortiça se tornaram tão populares é devido a um período de produção de cortiça de qualidade reduzida durante os anos 80. Basicamente, os produtores de vinho estavam cansados de obter rolhas de baixa qualidade que causariam a contaminação do TCA “cortiça”, por isso mudaram.

Além de tampas de rosca (feitas de metal e plástico), existem várias rolhas feitas de plásticos para polímeros à base de plantas.

Rolha Twin-Top

Este tipo de rolha é ideal para vinhos frutados e aconselhada para vinhos não destinados a um longo período de estágio na garrafa. É constituída por um disco de cortiça natural em ambos os topos e um corpo aglomerado. A sua elaboração foi baseada na tecnologia de produção da rolha de champanhe.

Rolha Sintética

Melhores ou piores, o certo é que as rolhas sintéticas estão cada vez mais presentes no dia a dia, e assim como as de cortiça, são “a última barreira” para chegarmos onde realmente nos interessa: ao vinho! A rolha sintética é uma das várias alternativas à cortiça natural. Alguns gostam e outros não. Aqui temos as Vantagens e Desvantagens referentes a Rolha Sintética:

1) Segurança

Teoricamente, as rolhas sintéticas não são atingidas pelo TCA (Tricloroanisol), que é uma substância que atinge rolhas naturais e deixa o vinho com cheiro de mofo. Mas existe uma vertente que afirma que as rolhas sintéticas não são totalmente imunes ao problema, ao contrário do que sempre se acreditou.

De qualquer forma, a incidência do problema diminuiu significativamente desde que a indústria de rolhas de cortiça, pressionada pela competição crescente, investiu de forma exemplar contra o TCA, aprimorando seus controles de qualidade.

2) Vedação

As garrafas, por serem de vidro, se expandem e se contraem, mesmo com pequenas variações de temperatura. A cortiça natural acompanha esse movimento de expansão e contração, mantendo constante a vedação ideal entre a rolha e a garrafa.

As rolhas sintéticas, se estiverem muito apertadas, impedem a entrada das pequenas quantidades de oxigênio necessárias para o desenvolvimento do vinho. Já quando elas estão mais largas que o ideal, o material sintético exagera na exposição do vinho ao oxigênio… Contudo, os defensores das rolhas sintéticas lembram que os vinhos de guarda, próprios para envelhecer em garrafa, representam menos de 10% do total das garrafas produzidas no mundo… Nesse caso, as rolhas sintéticas seriam apropriadas para 90% das garrafas!

Para finalizar, o uso de cada tipo de rolha ou tampa, “depende do público” para qual destinar-se-á o vinho. Vinhos mais frutados destinados ao rápido consumo utilizarão twin-top, screwcap, sintética… Vinhos mais simples comumente farão uso de rolha aglomerada. Vinhos mais caros geralmente farão uso de cortiça natural (devido ao refinamento do mesmo nas garrafas e o charme tambem, rs, rs). Entretanto, não significa que façam uso somente deste tipo de rolha pois podem utilizar screwcap, micro-aglomerado… Vai depender do destino que o produtor quer dar ao seu produto, bem como o valor que o mesmo quer gastar para engarrafar seu produto.

Será um prazer receber seu contato pelo Fale Conosco, pelo telefone (11) 4419 3952, email: contato@vines.com.br  ou WhatsApp: (11) 97310 0948

Loja Virtual: http://www.vines.com.br

Anúncios

Autor:

A Vines oferece a Você, Nosso Cliente, os Melhores Vinhos com a Melhor relação Preço-Qualidade do Mercado. Linhas que vão desde os vinhos jovens marcantes, harmônicos e muito elegantes até os vinhos intensos, encorpados com grande complexidade, bem como nobres vinhos provenientes da singularidade dos vinhedos, Crus e tendências de pequenos e selecionadíssimos produtores Italianos. Nosso objetivo é servir com qualidade, agilidade e muita dedicação. Sabemos que um bom vinho tem que ser bem tratado desde a sua origem até chegar na sua taça para ser apreciado. Por isso, cada garrafa tem sua temperatura controlada no armazenamento para que o vinho possa apresentar todo o seu potencial. A Vines faz isso para Você! São muitas as possibilidades para agradar tanto a iniciantes, quanto a experientes conhecedores deste encantador mundo do vinhos. Convidamos todos a explorar essa fascinante experiência sensorial! Lembrando que Cada Vinho é um Momento Único de Encontro, Prezar e muita Paixão! Estamos sempre a sua disposição. Queremos construir uma empresa moderna e aberta para as criticas e sugestões. Será um prazer receber seu contato pelo Fale Conosco, pelo Telefone (11) 4419 3952, email: contato@vines.com.br ou WhatsApp: (11) 97310 0948

2 comentários em “CONHECENDO O VINHO – QUAL É A MELHOR ROLHA?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s